Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ponte Instantânea

… que prometia ser mais segura.

Ponte Instantânea

… que prometia ser mais segura.

O instinto do destino


06.03.20

mulheres-islamicas_widelg.jpg

O que é o instinto do destino? É a ideia de que há características inatas que determinam os destinos dos povos, dos países, das religiões ou das culturas. É a ideia de que as coisas são como são por razões inelutáveis, inescapáveis: sempre foram assim e nunca vão mudar.

  • Esse instinto do destino cega-nos para as transformações revolucionárias que ocorrem nas sociedades ao nosso redor?
  • O instinto do destino engana-nos frequentemente?
  • Fazer declarações tipo: instinto do destino, não é simplesmente sentimentos disfarçados?

Informação baseada no livro "Factfulness", de Hans Rosling

Difusão e perpetuação da memória do falecido.


06.03.20

estela da aboboda mesaabc.png

O que é. Estela de Abóboda I. Tampa de uma sepultura. Onde foi encontrada. Na herdade da Abóboda, em Almodôvar. Data da Estela. I Idade do Ferro. O que tem a estela. Uma figura vestida empunhando armas e tendo na cabeça o que parece um capacete ornado de chifres, rodeada por uma inscrição. Qual o interesse. A presença da escrita começava a afirmar-se (língua intraduzida. Interpretações. Profunda modificação na sociedade, necessáriamente mais estratificada, onde o domínio da escrita deveria restringir-se a um grupo específico, que baseava a sua diferença, o seu prestígio e o seu poder nesse mesmo domínio.   

 

O instinto da generalização


02.03.20

generaliza-1024x833.jpg

Generalizar é ver cada cenário como verdadeiramente único. Implicações: Distorce a nossa visão do mundo porque leva-nos a agrupar erradamente coisas, pessoas, ou países que são de facto muito diferentes. Consequências: Bloqueia a mente em relação a todos os tipos de compreenção.

Esteriótipos, quando muitas pessoas tomam consciência de uma generalização problemática.

Notas do livro: Factfuness, Han Rosling

 

Espeto


26.02.20

unnamed.jpg

Foto: José Pessoa

Espeto de bronze da «I Idade do Ferro do Sul» . Estes espetos de bronze, típicos das regiões meridionais da Península Ibérica, parecem constituir  uma versão mais moderna dos espetos da Idade do Bronze. Estavam certamente relacionados com práticas de processamento culinário da carne.

 

O instinto de generalização


14.02.20

"É tudo farinha do mesmo saco"! Generalizar é automático e fazemos isso porque é assim que se dá estrutura aos nossos pensamentos, sem estarmos preocupados em decrever seja o que for à nossa volta como algo único; "é assim porque quero", dizem. Dá jeito. A publicidade da Evax Cottonlike não categoriza: "Todas somos difrentes", o que não nos leva a agrupar erradamente pessoas ou coisas, não nos faz tirar conclusões com base em poucos elementos. 

Mas, há um mas... os pensos higiénicos da Evax Cottonlike não é para todas as mulheres, mas para consumidoras ricas. Mais de 2 milhões de mulheres mestruadas tem poucas alternativas monetárias não vão gastar dinheiro em pensos utrafinos, antes, procuram pensos de baixo custo que seja fiável ao longo de todo o dia de trabalho.

Bibliografia: Factfulness, de Hans Rosling

 

"Quem é aquele homem?" "Não pode ser apenas um homem".


11.02.20

Quando a cerveja começa a despertar a alegria, pessoas comuns dançam conga, strip-tease ou até dão saltos mortais numa piscina. Num cenário a bordo de um transatlântico, ao som de Noriel Viega, os protagonistas com sorrisos iluminados, circandam como se voltassem a ser crianças livres de qualquer preocupação,chamando a atenção que cada um tem um talento especial. Partindo desta ideia, a Heineken lançou no ano de 2014 uma campanha publicitária chamada "The Odyssey" com vinte consumidores - não atores - para mostrarem as suas habilidades.

 

Um mundo pós-biológico


30.01.20

This generation enjoys unprecedented technological, scientific and financial resources, which we should use to chart a course towards a more sustainable, equitable and inclusive future. And yet this is perhaps the first generation to take the world to the brink of a systems breakdown. There are many signs of progress and many reasons for hope—but we still lack the momentum and the necessary depth of collaboration to deliver change on the scale required."

The Global Risks Report 2018, World Economic Forum

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D